“QUEM DIRIA”, OSMAR?

E eis que o deputado federal Osmar Terra, ouvido na sessão da CPI desta terça-feira, disse: “QUEM DIRIA QUE A CHINA, COM 1 BILHÃO DE HABITANTES, TERIA APENAS 4 MIL MORTES?”.
Foto: Reprodução

A ciência disse, Osmar. As medidas de um lockdown responsável, Osmar. O Estado forte e comprometido com seu povo, Osmar. Ciência e políticas públicas responsáveis, sem shadow gabinet. Testagem em massa, distanciamento e isolamento social incentivados pelo governo da China, Osmar. Construção de hospitais de campanha em dez dias com 1.000 leitos cada, Osmar.

Um Estado que zela pelo seu povo, que não coloca preço nas vidas, Osmar. Investimento público no desenvolvimento de vacina. Um bilhão de vacinas aplicadas no país. Dezoito milhões de doses aplicadas diariamente na última semana, Osmar. Vírus quase erradicado no país há mais de um ano, graças às quarentenas obrigatórias, aos testes em massa e aos aplicativos de celular para controlar os deslocamentos, Osmar.

Sabe a tal Secretaria de Enfrentamento à Covid que o ministro Queiroga está tentando criar, Osmar?

Na China ela foi criada pelo Partido Comunista Chinês (CPC) um mês após o primeiro caso de contaminação. Ou seja, no dia 25 de janeiro de 2020 surgia o Comitê de Prevenção e Controle da Covid-19.

E sabe o que o presidente Xi Jinping fez naquela altura?

Pediu ao Comitê para utilizarem o mais avançado pensamento científico para formular suas políticas de contenção. Mas o mais “impressionante”, Osmar: incentivou que o Comitê usasse todos os recursos necessários para garantir que os interesses do povo viessem antes dos econômicos.

O governo providenciou equipamentos e recursos para os profissionais da saúde, Osmar.

E, talvez, o mais importante para te contar, Osmar, é que a China fez um rigoroso controle das informações divulgadas ao público, garantindo que não houvesse boatos e, sim, notícias baseadas em fatos científicos.

E a sociedade chinesa, Osmar?

O que o povo chinês fez diante disso tudo?

Criaram Comitês de Bairro, Osmar. Durante o confinamento, foram os membros desses comitês que saíam às ruas, de casa em casa, para checar temperaturas, distribuir alimentos e suprimentos médicos. Além disso, criaram pontos de teste para monitorar entradas e saídas do bairro, Osmar. A descentralização foi essencial para garantir às pequenas comunidades o conhecimento, a prevenção e os direitos básicos de saúde.

Saúde Pública, Osmar.

E quem ajudou no desenvolvimento dessas ações públicas por todo o país?

Noventa milhões de membros do Partido Comunista da China, Osmar.

Xiao Yijiu/Governo da China – 12.fev.2020

Quem diria, Osmar… A terra parece mesmo não ser plana.


Não é acaso. É política pública.

COMENTÁRIOS

  • POSTS RELACIONADOS

    >