Corinthians: time do povo festeja 112 anos

Dono de uma das maiores torcidas do Brasil, o Corinthians, time de origem operária segue falando ao coração dos humildes
Corinthians
Torcida do Corinthians

Fundado em 1° de setembro de 1910 por cinco operários, o Corinthians conquistou pela primeira vez o Campeonato Paulista de 1914. A história do Timão foi construída com lutas, suor e lágrimas. Na São Paulo aristocrática do início do século 20, apesar de o futebol ter conquistado rapidamente o gosto popular, apenas os grandes clubes burgueses faziam parte da Liga Paulista de Futebol.

A Liga havia sido fundada em 1901 e reunia os clubes de origem burguesa, tais como o Club Athlético Paulistano, o São Paulo Athletic Club e o Sport Club Germânia, entre outros,  conforme conta o Pensar a História @historia_pensar. 

“O ressentimento em relação às barreiras de classe impostas pelos clubes aristocráticos explica em parte a empolgação popular com as vitórias categóricas do esquadrão londrino do Corinthians Football Club sobre os times da cidade. Nos amistosos disputados em agosto de 1910 no Velódromo Paulistano, o clube britânico venceu a Atlética das Palmeiras por 6 a 0, o Paulistano por 8 a 1 e o São Paulo AC por 9 a 2”, relata o Pensar a História. 

“A vitória dos ingleses se tornou um dos assuntos mais comentados pelos trabalhadores do Bom Retiro, bairro paulistano onde, na noite de 1/9/1910, um grupo de 5 operários (Joaquim Ambrósio, Antônio Pereira, Rafael Perrone, Anselmo Correa e Carlos Silva) se reuniu com o objetivo de fundar um novo time de futebol, de caráter popular. (…) Em homenagem ao feito dos ingleses, a agremiação recebeu o nome de Sport Club Corinthians Paulista. Miguel Battaglia vaticinou: “O Corinthians vai ser o time do povo e o povo é quem vai fazer o time”.

Dito e feito. Nos anos seguintes, o Corinthians se transformou em um dos  times mais populares do Brasil, com uma torcida estimada em até 33 milhões de pessoas. Mesmo amargando 23 anos sem ganhar o Paulistão depois de ter sido campeão do Quarto Centenário da fundação da cidade de São Paulo, em 1954. A  fila só acabaria em 1977, com um gol de Basílio diante da Ponte Preta. O jogador virou um eterno herói do Timão. 

Os títulos mais importantes do time são dois Mundiais de Clubes da FIFA, uma Copa Libertadores da América, uma Recopa Sul-Americana, 7 Campeonatos Brasileiros, 3 Copas do Brasil, uma Supercopa, 5 Torneios Rio-São Paulo e 30 Campeonatos Paulistas.

Democracia corintiana

A contratação de Sócrates em 1978 mudaria a história do clube. Com a saída de Vicente Matheus, folclórico presidente do Corinthians por 8 mandatos, os jogadores passaram a ter papel ativo nas decisões do clube. A partir de 1982, tudo era resolvido pelo voto, das contratações ao local de concentração. Essa verdadeira revolução na gestão do time estava em consonância com as movimentações por democracia que ocorriam em tantos outros cantos da sociedade, que lutava contra a ditadura militar, e por isso, essa geração ficou conhecida como a da “Democracia Corintiana”.

E, ainda, com um time azeitado e criativo, acumulava títulos. Em 1982, liderados pelos ídolos Sócrates, Wladimir, Casagrande, Biro-Biro e Zenon, o clube conquistou o Campeonato Paulista em cima do São Paulo. No ano seguinte, o Corinthians repetiria a final contra o rival, mais uma vez conquistando o torneio. O envolvimento dos jogadores com o mundo da política ficaria mais forte com o engajamento de Sócrates e Casagrande na campanha das Diretas Já, em 1984.

De lá para cá foram anos de altos e baixos. Mas o time, na sua trajetória, mesmo sendo rebaixado para a Série B do Brasileiro, em 2007, deu a volta por cima e voltou para a divisão principal, empurrado sempre pela torcida, que cravou um dos melhores gritos de guerra dos estádios:

“Aqui tem um bando de louco

Louco por ti, Corinthians

Aqueles que acham que é pouco

Eu vivo por ti, Corinthians

Eu canto até ficar rouco

Eu canto pra te empurrar

Vamo, vamo, meu timão

Vamo, meu timão

Não para de lutar” 

Em tempo: eleito três vezes Melhor Jogador do Mundo pela FIFA, o craque Ronaldo também fez história no Corinthians. O Fenômeno chegou em 2009 e conquistou dois títulos logo na primeira temporada com a camisa alvinegra: o Campeonato Paulista e a Copa do Brasil.

Leia mais sobre o Corinthians AQUI

COMENTÁRIOS

POSTS RELACIONADOS

Aniversário de Lula motiva atividades no Brasil e no mundo

As atividades do aniversário de 75 anos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva já começam no dia 24 e vão até o dia 27, dia que ele nasceu e que será o mote para a realização uma série de atividades dentro e fora do Brasil com o intuito de celebrar a vida e a contribuição histórica de Lula, mas também de desejar liberdade plena e a restituição de seus direitos, com o fim dos processos ilegais que o perseguem.