Canjerê como expressão de arte, gastronomia, cultura e resistência Quilombola

Na quarta edição o Canjerê se consolida como um projeto de construção coletiva com um grande envolvimento do movimento social quilombola, de lideranças, de apoiadores e de pesquisadores que, por meio da vivência cotidiana, identificaram demandas e potencialidades das comunidades quilombolas mineiras.

O Canjerê é a celebração da cultura, da produção, da tradição, da agricultura, da religiosidade e, sobretudo, das pautas que envolvem os quilombos de Minas Gerais e do Brasil. E, sim, estamos em busca de visibilidade para o que somos, mas fundamentalmente pelo que lutamos. É importante destacar que o Canjerê é um espaço de afirmação para enegrecer a importância do povo preto na história desse país.

O evento acontece no Parque Municipal de Belo Horizonte neste final de semana e a sua programação conta com diversas atividades, como feira de produtos quilombolas, apresentações culturais, cortejo com as guardas de Congo, Moçambique e Majurada; oficinas, cine quilombola com sessão comentada, diálogos institucionais, rodas de conversa e muito mais.

Fotografia: @leo_koury, Matheus Soares/ thew_fotografia gabinete Andreia de Jesus e Jamaica Timbaleiros / Cobertura Colaborativa do Canjerê

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário

POSTS RELACIONADOS