Brumadinho enfrenta uma nova avalanche de lama

Desta vez a culpada é a mineradora MIB, com um irresponsável transbordamento do barramento de sua mina

Pouco mais de dois anos depois do crime da Vale S/A que matou 272 pessoas em Brumadinho, MG, os moradores do bairro Córrego do Feijão voltam a ficar assustados com novo derramamento de lama. Dessa vez ela desce da mina da mineradora MIB desde quarta-feira, 17. Como muitos moradores são empregados na mineradora ou trabalham para suas empreiteiras, ninguém quer falar a respeito, restringindo-se apenas a comentários e fotos nas redes sociais. Eles acreditam que houve um “transbordamento do barramento da mina”.
Como as fortes chuvas persistem na região, nesta quita-feira podia-se notar a invasão da água barrenta na vegetação e até no asfalto da estrada que liga Córrego do Feijão ao distrito de Casa Branca. “Com a poderosa Vale já aconteceram duas tragédias (Mariana e Brumadinho), então a gente fica pensando como será com essa MIB, pequena, sem capital e praticamente amarrada com arame? Não dá dá nem pra dormir direito pensando nisso”, disse um morador que pediu anonimato.

Por onde passa a lama atinge vasta área de vegetação


Uma coisa é certa: as águas do Rio Paraopeba – que deságua no São Francisco – já estão mais barrentas em consequência da lama despejada pela mineradora MIB. Ela está sendo levada por alguns ribeirões como o Casa Branca e o Jangada até o Paraopeba, já tremendamente castigado com a lama despejada pelo rompimento da barragem da mina Córrego do Feijão em 25 de janeiro de 2019. E, pior, 400 metros antes de atingir o Paraopeba a lama está caindo na estação Alonda, de tratamento de lama que a Vale instalou, fazendo com que todo o trabalho vá literalmente por água abaixo.
Apesar de a Vale garantir que não vai reativar a mina Córrego do Feijão, que provocou a morte de 272 pessoas, a jazida tem outras duas vizinhas em atividade, as minas MIB (do Grupo Aterpa), Jangada (da Vale) e Itaminas, explorada por Bernardo Paz, dono do Museu Inhotim, instalado também em Brumadinho, na Grande Belo Horizonte. Para piorar, nos pés da Serra do Pico dos Três Irmãos há uma pilha de rejeitos conhecida como Jacó, que pode dar sua contribuição para mais um crime contra a população local.

Na manhã desta sexta-feira, 19, a MIB Mineração retirou a placa que tinha instalado junto ao asfalto da estrada que liga Córrego do Feijão ao distrito de Casa Branca. Certamente, para apagar a marca de seu rabo preso. Confira abaixo nas fotos:

Ficou só o buraco do suporte da placa da mineradora
A placa estava instalada neste local
Local onde estava instalada a placa às margens da estrada

Sobre o mesmo assunto:

COMENTÁRIOS

  • Brumadinho, Mariana,
    Tragédia não falta aqui.
    Pois, prospera a lida insana,
    “Vidas humanas, nem vi !”

  • Um absurdo sem tamanho fechar acordo sem presença dos atingidos que é a parte mais afetada pelo crime da Vale essa assassina foi de fato um assassinato em massa uma tragédia irreparável e agora vem o governador zema falar que todos os mineiros ganham com esse acordo de portas fechadas?pelo amor de Deus Do Meu Zema vem nas casas dos atingidos olhar com seus próprios olhos a destruição que essa tragédia ainda consegue causar nas pessoas , no meio ambiente afetando a saúde mental e física de milhares de famílias e o pior é que vc governador não tem nem se quer preocupado com nossos postos de saúde, pronto socorro sem médicos sem laboratórios um simples exame de sangue tem que ser remarcado várias vezes porque o laboratório não funciona não está atendendo e pronto, a gente volta pra casa como se não fosse nada sem nenhuma explicação plausível e vem o senhor governador do estado dizer que todos os mineiros ganham com esse acordo a porta fechadas ? O povo pode não conseguir fazer com que a justiça seja feita até porque a palavra de Deus fala que a justiça da terra é como um trapo de imundícia não podemos confiar apesar de ainda termos esperança que vá ter um entre todos que dará um veredito a favor do povo e não desses corruptos destruidores e assassinos de pessoas trabalhadoras e inocentes # indignação total com a falta de respeito com o ser vivo /#punicao adequada para Vale s/a é isso cadeia já!!!!(Eu agora estou até assustada depois disso de atingidos dar depoimentos e mandar fotos pra um jornal de lama de empresa assassina e não querer se expor preferir no anonimato como se ele fosse o culpado um absurdo sem tamanho ;)Vale seus crimes podem ficar impunes aqui mais pode ter certeza que Deus não deixa impunes aquele que massacra os seus ,vcs se sentem grandes pelo o poder do dinheiro passando por cima de tudo e de todos ,mas não s3 iludem pois acima de todos nós existe aquele que maior e mais poderoso do que todos e tudo que ar nessa terra e a justiça dele é incorruptível.

    • Verdade pra Deus nada é impossível é ele vê tudo que acontece e em breve irá agir a favor dos que sofrem. Entregue o seu caminho a Jeová; Confie nele, e ele agirá em seu favor. Salmos 37:5,6″ Ele fará a sua retidão brilhar como o amanhecer, E a sua justiça como o sol do meio-dia.” sofonias 2:11 “Jeová agirá contra eles de modo atemorizante, Pois ele reduzirá a nada todos os deuses da terra, E todas as ilhas das nações se curvarão diante dele, Cada uma no seu lugar.” Jeová é o nome de Deus se quiser saber mais veja o site JW.ORG. tenha um bom dia

  • Parece Terra de Ninguem
    Nao ha controle nenhum, social, ambiental.
    Este fato e muito triste.

    • Todos corrompidos .porque no nosso país só basta colocar a mão no bolso e fazer a oferta eles já estão .se tornando cegos surdos e mudos .muito triste .mais isso e real .nós dar nojo .mais uma coisa certa um dia a conta vai chegar trazida pela própria vida e eles vão ter q pagar .há se vai .deixem eles acharem q dinheiro e tudo .

  • A Mib pagará caro pelas pressões exercidas contra diversos sitiantes e chacareiros da região, além de destruir pequenos mananciais d’água que atendiam a população local. Registra-se prejuízos gerados para as sofridas fauna e flora, fruto da incontida ganância dessa empresa.

    • Gente eu sou de Alagoas Maceió fico estarrecida de ver tantas barragens de rejeitos aí em minas .todas acima de cidades e lugarejos colocando a vida de tantos em riscos o meio ambiente destruídos e ninguém faz nada.meus Deus que mundo estamos vivendo .o planeta Terra está doente .fisicamente ,psicologicamente .mentalmente e espiritualmente sei não só Deus mesmo pra fazer justiça e colocar tudo no seu devido .aí eu digo . Maranata vem senhor Jesus !!!!

  • A Vale bloqueou vários pagamentos do auxílio emergencial que ela mesmo acordou com os atingidos que ficam a 1 km do Paraopeba

  • É muita falta de respeito para com os nossos descendentes . É muita falta de respeito aos atingidos do Córrego Feijão.

  • POSTS RELACIONADOS

    >