Blocos de São Paulo apoiam Boulos e Erundina na eleição

Mais de 150 blocos do Carnaval de Rua de São Paulo lançam manifesto em apoio à candidatura de Guilherme Boulos e Luiza Erundina
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Por: Humberto Meratti, ativista e gestor cultural, Exclusivo para os Jornalistas Livres

Manifesto Meu Bloco com Boulos & Erundina

Viver em São Paulo e fazer carnaval é um ato de amor. Em meio à correria do trânsito e do trabalho duro, nasce a festa ancestral. Um respiro coletivo, uma fresta em que sonhos, fantasias e liberdades são possíveis. O carnaval de rua ocupa e fortalece o espaço público propondo uma inversão de lógica. Aqueles corpos que na história oficial são apenas figurantes, na folia são protagonistas: LGBTQIA+, mulheres, negras e negros, população em situação de rua, trabalhadoras e trabalhadores.

Nos últimos quatro anos vimos a desigualdade social crescer em uma São Paulo cada vez mais cinza e bruta. Uma lógica privatista e privatizada de cidade em que à espontaneidade dos blocos – que verdadeiramente constroem o carnaval – é cerceada por um excesso de burocratização, imposição de normas, punições desproporcionais e muita desorganização. Um desmonte da política pública do carnaval de rua que deveria garantir o direito à cidade, à liberdade de expressão e o protagonismo popular. Covas representa a bomba de efeito moral em cima de gente, que só quer ser feliz.

A pandemia aprofundou esse cenário, nos isolou e nos tirou das ruas. Mas não apagou a esperança e o desejo de celebrar a vida, o amor e o prazer.  Estamos com Boulos e Erundina porque acreditamos na potência da alegria para melhorar a vida e a cidade. Que o carnaval seja cada vez mais democrático, horizontal, plural e diverso, da periferia mais profunda ao centro mais intenso, de baixo pra cima, pelo povo, para o povo e com o povo. Uma brincadeira para corpos livres e vivos!

Por uma cidade mais humana, mais alegre, afetiva, inclusiva e democrática. Dia 29, votamos 50!

Quem joga serpentina vota Boulos e Erundina!

[email protected]

Assinam:

A Espetacular Charanga do França

Abacaxi de Irará

Acadêmicos da Cerca Frango

Acadêmicos da Ursal

Achados in Perdizes

Agora Vai

Água Preta

Ano Passado Eu Morri Mas Esse Ano Eu Não Morro

Apogeu 90

Arrianu Suassunga

Baco do Parangolé

Batekoo

Bateria Dona Elisa – coletivo Democracia Corinthiana

Bateria Pato N’ Água – PCB

Batuntã

Belém Belém agora eu Tô Bem

Bixa Preta VC É Linda

BlackBloko Anti Racista

Bloco 77- Os originais do Punk

Bloco Afro Afirmativo Ilú Inã

Bloco Afro É di Santo

Bloco Afro Ilú Obá De Min

Bloco Amigos do Gelo Futebol e Samba

Bloco Bastardo

Bloco Batakere

Bloco Besta é tu

Bloco Calor da Rua

Bloco Caramba do Caramba

Bloco Carnavalesco João Capota na Alves

Bloco Cecílias e Buarques

Bloco Chacoalha Bichona

Bloco da Abolição

Bloco da Família

Bloco da Mama

Bloco da Massa Real

Bloco das Marabrilhosas

Bloco DesbundasArtes

Bloco do Beco

Bloco do Fuá

Bloco do Hercu

Bloco do Jatobá

Bloco do Litraço

Bloco do Ó

Bloco do Pedal

Bloco do pequeno burguês

Bloco do Prazer

Bloco do Risca Fada

Bloco dos Bancários

Bloco dos Bonecões “Não Sou Marionete Não”

Bloco dos Regos Fritos

Bloco É Nós Que Tá

Bloco Eco Campos

Bloco Elástico

Bloco EURECA

Bloco Fígado de Aço

Bloco Furunfunfum

Bloco Galera do adoro

Bloco Gambiarra

Bloco Kazunji

Bloco levando os elepês de gal pra passear

Bloco Lupulolele

Bloco Manada

Bloco MinhoQueens

Bloco Não Tô Bem 279

Bloco Navilouca

Bloco Nega Fulôô

Bloco Nega Zilda

Bloco Nóis Trupica Nais Não Cai

Bloco Nu Vuco Vuco

Bloco Paixão Mangueirense

Bloco Perdidos no Paraíso

Bloco Piá Aqui Acolá

Bloco Pirata

Bloco Quero Morrer Amigo

Bloco Saci da Bixiga

Bloco Santanda Descendo a Ladeira

Bloco Sem Medo e Sem Vergonha

Bloco Siriricando

Bloco Soul Chico

Bloco Tá Suavi

Bloco Tatuapé

Bloco Teck-Lovers

Bloco tô Q to

Bloco TodoMundo

Bloco União dos Bairros

Bloco União no Morro

Bloco Vaca Profana

Bloco Vem Dançar

Blocolandia

Blokokê

Broco da Burocra

Carimbloco SP

Chinelo de Dedo

Cordão Carnavalesco Atletas do Sereno

Cordão Carnavalesco Boca de Serebesqué

Cordão Carnavalesco Dona Micaela

Cordão Cecília

Cordão Cheiroso

Cordão da Mentira

Cordão do Jamelão

Cordão Folclórico de Itaquera

Cordão Sucatas Ambulantes

Cornucópia Desvairada

Cumbia Calavera

Desculpa Qualquer Coisa

ErêTantã – Bloco do brincar

Eu Acho é Coco

Fanfarra Mzceja Tabebo

Fanfarra Obscênicas

Fervo da Vila

Filhas da Lua

Filhos de Gil

Filhos de Glande

FrancisKryshna

Fuzarka Kavernista

Grêmio Recreativo Unidos de Vila Cavaton

Ijexanas, a bloca

Jegue Elétrico

Kaya na Gandaia

Lapa de Urso

Macaco Cansado

Me fode que eu sou produção!

Me Lembra Que Eu Vou

Me Ocupa Que Eu Sou da Rua

Meu Santo é Pop

Minibloco do Prépré

Nau Invasora

Nois Trupica Mais Não Cai

Orquestra Voadora

Pilantragi

Pinto do Visconde

Pirikita em Chamas

Psytrance Somos Nozes

Quem tem boca VAIA roma

Quilombolab

Quizomba

Ritaleena

Sai Hetero

Saia de Chita

Sainha de Chita

Santana Descendo a Ladeira

Shakti

Siga Bem Caminhoneira

Siga la Pelota

Skaravana

Te Pego no Cantinho

Tesãozinho Inicial

Tô Atrasado Mais Eu Chego

Tô de Vermelho

Trance de Rua

Troça Carnavalesca Crua

Unides da Grande MEL

Unidos da Madrugada

Unidos do Insconsciente

Unidos do Swing

Unidos Venceremos

Ursal o Bloco

Vai Quem Quer

Zélia, Cássia, Rita, Carolina e todas as Minas

COMENTÁRIOS

POSTS RELACIONADOS

>