Ato político com Lula em Natal leva 3,5 vezes mais público que encontro com Bolsonaro

O ato político com Lula em Natal foi a primeira manifestação aberta em local público desde o lançamento da pré-candidato do líder do PT à presidência da República.

Por Rafael Duarte, da agência SAIBA MAIS

A grande manifestação “Juntos pelo RN”, que contou com a presença do ex-presidente da República Luís Inácio Lula da Silva (PT) na quinta-feira (16) levou um público três vezes e meio maior que o encontro de bolsonaristas com o atual presidente Jair Bolsonaro (PL), no dia seguinte, também na capital do Estado.

De acordo com um levantamento realizado pelo sargento do Corpo de Bombeiros do RN Dalchem Viana, o ato com Lula mobilizou 28 mil pessoas nas imediações do estacionamento da Arena das Dunas, enquanto 8 mil pessoas estiveram sexta-feira no evento em que Bolsonaro participou, no bairro Pitimbu.

Viana é contador, especialista em Gestão Publica pela UFRN e atualmente é subcoordenador de Defesa Civil do Estado do Rio Grande do Norte.

O cálculo dele levou em conta a Instrução Técnica do Centro de Estudos de Pesquisas e Desastres do Rio de Janeiro, método utilizado para a contagem de multidões pela Defesa Civil do Rio.

O estudo de Dalchem Viana foi elaborado a pedido da agência SAIBA MAIS.

O ato político com Lula em Natal foi a primeira manifestação aberta em local público desde o lançamento da pré-candidato do líder do PT à presidência da República. As imagens divulgadas da manifestação que mobilizou caravanas de vários municípios do interior do Estado derrubaram a narrativa de que Lula não conseguiria reunir multidões como antigamente.

Cálculo

Segundo o levantamento de Dalchem Viana, a taxa de ocupação por metro quadrado é de 4 pessoas. Já a mancha identificada pela área delimitada pela projeção horizontal coberta pela multidão do ato com Bolsonaro foi de 2 mil pessoas. Logo, fazendo um cálculo simples, o número total de pessoas concentradas em Cidade Satélite foi de 8 mil (2.000 x 4 = 8.000).

Saiba Mais: Em Natal (RN), Bolsonaro diz que diminuiu taxa de desemprego facilitando vida dos patrões

Em amarelo, mancha das pessoas que participaram do evento com o presidente Jair Bolsonaro (PL) / foto: reprodução

Lula mobilizou quase 30 mil pessoas 

Por outro lado, mantendo a taxa de ocupação de 4 pessoas por metro quadrado, é possível identificar dois quadrantes no ato com Lula. No primeiro, há 4 mil pessoas na mancha da área delimitada pela projeção horizontal coberta pela multidão, o que resulta num público estimado de 16 mil (4.000 x 4). Já o segundo quadrante apontado por Dalchem, que abrange as adjacências, a taxa de ocupação é de 3 pessoas por metro quadrado.

Naquela mancha delimitada pela projeção horizontal coberta pela massa petista há 4 mil pessoas, o que resulta em 12.000 (3 x 4.000).

Somando os dois quadrantes do evento com o ex-presidente Lula chegou-se ao número de 28 mil pessoas após a soma de 12.000 (quadrante 1) + 16.000 (quadrante 2).

Saiba Mais: Em Natal, Lula visita Feira Nordestina da Agricultura Familiar e discute soluções para acabar com a fome

Em vermelho, mancha das pessoas que foram prestigiar o ato com o ex-presidente Lula em Natal / foto: reprodução

Confira os cálculos realizados pelo sargento do Corpo de Bombeiros e subcoordenador de Defesa Civil do Estado do Rio Grande do Norte:

EVENTO BOLSONARO

T (densidade ou taxa de ocupação) – Quantidade de pessoas por m2 = 4
M (mancha) – Área delimitadas pela projeção horizontal coberta pela multidão= 2.000
Q (quantitativo de pessoas) – Número total de pessoas que compõem a multidão=8.000 pessoas.
Q = MXT
Quantidade de pessoas considerando um quadrante único e denso= 8000 indivíduos

EVENTO LULA

Quadrante 1- Maior densidade
T (densidade ou taxa de ocupação) – Quantidade de pessoas por m2 = 4
M (mancha) 1º quadrante – Área delimitadas pela projeção horizontal coberta pela multidão= 4.000
Q (quantitativo de pessoas) – Número total de pessoas que compõem a multidão =16000
Quadrante 2 – Adjacências
T (densidade ou taxa de ocupação) – Quantidade de pessoas por m2 = 3
M (mancha) 1º quadrante – Área delimitadas pela projeção horizontal coberta pela multidão = 4.000
Q (quantitativo de pessoas) – Número total de pessoas que compõem a multidão = 12.000
Quantidade de Pessoas Quadrante 1 e 2 = 28.000 indivíduos

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Instrução Técnica Centro de Estudos e Pesquisa de Desastre do Município do Rio de Janeiro- CEPD 001
ESTIMATIVA DO QUANTITATIVO DE INDIVÍDUOS EM MULTIDÕES. MARÇO de 2006
NBR 9077/ABNT

COMENTÁRIOS

POSTS RELACIONADOS

>