Após denúncia, polícia flagra casal torturando babá em Guararema; ambos foram presos

Polícia acredita que tortura teria acontecido depois que que a babá contou ao namorado sobre suposto envolvimento do casal com o crime organizado

Na última segunda-feira (10), a polícia recebeu uma denúncia anônima a respeito de um casal que estaria torturando uma babá em uma chácara de luxo em Guararema. A ligação foi feita de maneira anônima e, ao chegarem ao local, as viaturas se depararam com o casal, Vanderlei da Silva Faria (38 anos)  e Ana Julia Mendes (21 anos), torturando a funcionária. 

Por Júlia Galvão

Inicialmente, a babá se assustou com a presença dos policiais que não estavam fardados, pois acreditava que eles seriam os responsáveis pela sua morte dentro do tribunal do crime. 

O motivo para a sessão de tortura teria sido o fato da babá ter descoberto o envolvimento dos patrões com o crime organizado e ter relatado isso para o namorado por meio de mensagens. Ana Julia, a patroa, tinha acesso ao celular da jovem e, ao ver a conversa da babá com o  namorado começou a sessão de violência física. 

A jovem foi, então, acordada a tapas e arrastada até o primeiro andar da casa enquanto ainda era violentada. Lá, a babá teve as mãos amarradas com o cordão de um roupão e recebia ameaças de morte do patrão, que carregava uma faca em sua mão, enquanto apanhava da patroa. A vítima trabalhava para o casal há apenas sete meses.

O casal foi preso sob a acusação de tortura, cárcere privado e sequestro. Foi também apreendido o veículo de meio milhão de reais do casal. O carro havia sido registrado no nome da vítima que não sabia que o veículo havia sido assinado dessa forma. As investigações sobre o caso seguem em aberto.

COMENTÁRIOS

POSTS RELACIONADOS