Filtrar por data
O Café com Muriçoca de hoje traz "uma puta maré branca". Nela, Dinha subverte a linguagem racista e problematiza o genocídio negro a partir do nosso idioma.