Movimento Nacional pela Anulação do Impeachment cobra andamento da ação no STF

Por Vinicius Borba Jornalistas Livres

Representantes do Movimento Nacional pela Anulação do Impeachment(MNAI) estiveram com a Ministra Cármem Lúcia para cobrar andamento nos mandados de segurança pelo retorno da presidenta Dilma Roussef ao seu mandato. O encontro ocorreu nesta quinta-feira (13) pela manhã. Os mandados foram impetrados ainda no ano de 2016, há cerca de 10 meses.

Para o advogado Wallace Martins, o Brasil espera uma resposta: “Não só o STF como toda sociedade e nossa democracia merecem o julgamento desta ação”, afirmou. Fernanda Pieruzzi, do MNAI, afirmou que não ha mais o que esperar. “Como guardião da Constituição o STF nos deve essa resposta. Temos comitês espalhados por todo Brasil e seguimos em luta”. O integrante do MNAI, Valdson Silva entregou carta de pedido de urgência para a tramitação do processo.

Para o integrante da Executiva Nacional do Partido da Causa Operária (PCO), Antonio Carlos Silva, que assinou condição de Amicus Curia no processo em apoio ao volta Dilma, é indispensável que haja julgamento. “A ministra nos recebeu como resultado do processo de mobilização pelos comitês em todo Brasil. É necessário dar prosseguimento a essa mobilização com companheiros do PT, partidos e movimentos para a anulação do impeachment”, afirmou.

Mídia democrática, plural, em rede, pela diversidade e defesa implacável dos direitos humanos.
Categorias
BrasíliaGolpeJusticaPolítica

Mídia democrática, plural, em rede, pela diversidade e defesa implacável dos direitos humanos.
Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

Chinese (Simplified)EnglishFrenchGermanItalianPortugueseRussianSpanish

Relacionado com