ATESTADO DE ÓBITO DO GOVERNO TEMER

“Tem que mudar o governo para estancar esta sangria”. Senador Romero Jucá, sobre o Impeachment de Dilma Rousseff.

O governo Michel Temer foi escancarado, e não há cobertura jornalística que possa esconder suas feridas. O governo que foi instituído para estancar a sangria dos corruptos foi ferido na noite de quarta-feira, 17 de maio, deixando escancaradas as vísceras putrefatas de uma elite política que a cada dia busca engordar suas contas com dinheiro ilícito. A hemorragia deixou a grande mídia numa situação escorregadia: se não mostrar, é capaz de cair junto. Um “furo jornalístico” não faria escorrer mais ou menos sangue. O GLOBO teve de publicar.
As funções vitais deste governo param instantaneamente: reformas da previdência e de direitos trabalhistas são paralisadas, em um Congresso apreensivo. A inanição é imediata: empresariado e grandes latifúndios não podem mais sustentar um governo que já não lhes serve. Sondado por especuladores, o governo assiste a bolsa cair em 10%.
Sem imunidade, perde a Defesa e a Cultura como ministérios para barganhar aliados. Ministros do PPS pulam fora. Um de seus grandes companheiros se vê sem cabeça com o afastamento de Aécio Neves do Senado e da presidência do PSDB. Mas é preciso ter fé, e insistir que tudo está bem.
Em seu delírio, Temer repete que não vai renunciar. Há muito tempo sem visão e audição, não é capaz de ver e ouvir o Povo. Sente um alívio nos pulmões, ou ao menos tenta passar a impressão de que tudo está bem. Aquele que derrubou um governo no golpe, não pôde resistir à carne estragada. Caiu em gravação da JBS: Que papelão!
Atualmente, o governo resiste por meio de aparelhos de repressão, que atacam o povo nas ruas. Mas as previsões são ruins… Antonio Gramsci deixa um diagnóstico: “A crise consiste precisamente no fato de que o velho está morrendo e o novo ainda não pode nascer. Nesse interregno, uma grande variedade de sintomas mórbidos aparecem.”

FOTO DO COLETIVO “NÓS – PT”, EXEMPLO DO NOVO QUE JÁ ESTÁ NASCENDO!

Categorias
ArtigoDiretas JáGeral
Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

Chinese (Simplified)EnglishFrenchGermanItalianPortugueseRussianSpanish

Relacionado com