Eletricitários de São Paulo aderem à Greve Geral

Texto: Marina Azambuja. Imagens: Marina Azambuja e Sindicato dos Eletricitários de SP

O Sindicato dos Eletricitários de São Paulo, realizou nessa quarta-feira (12), uma assembleia para declarar apoio à greve geral que acontecerá em todo o Brasil no dia 28 de abril.
Os membros da organização convocaram integrantes de outras entidades sindicais e movimentos que também defendem a causa, para comporem a mesa.
Entre os convidados presentes estavam Sérgio Canuto (vice presidente do Sindicato dos Eletricitários), Luizinho (presidente da nova central estadual e dos rodoviários), Vagner Farjado (federação dos metroviários), José Antônio Fagian (diretor do SINTAEMA), Anderson Guahy (Frente Brasil Popular e diretor do SINTAEMA), Ribamar Passos da Intersindical)
Segundo o presidente do sindicato dos eletricitários da capital paulista, Eduardo Annunciato, os trabalhadores devem lutar contra as medidas golpistas do governo Temer que com o auxílio do congresso nacional, pretendem fazer a reforma da previdência, a reforma trabalhista, o repúdio à terceirização.
“Essas reformas, que na verdade não reformam nada, pelo contrário, retiram direitos dos trabalhadores… Desengavetaram e aprovaram a terceirização para afrontar o movimento sindical que coordenou um ato maravilhoso no dia 15/03”.
Annunciato também destaca a responsabilidade dos eletricitários
“O trabalhador eletricitário será prejudicado. Ou morrerá na rede ou por exaustão, porque o tipo de atividade que esses profissionais exercem não há como trabalhar mais do que cinco horas por dia. As empresas estão reduzindo os quadros e aumentando a intensidade do serviço”.
Durante a assembleia o sindicato passou um vídeo de conscientização sobre a importância do manifesto, comparando-o com a força popular e a energia que move o país, assim mais pessoas se sentirão incentivadas a não aceitarem “nenhum direito a menos”.

Mídia democrática, plural, em rede, pela diversidade e defesa implacável dos direitos humanos.
Categorias
Greve GeralTrabalho

Mídia democrática, plural, em rede, pela diversidade e defesa implacável dos direitos humanos.
Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

AfrikaansArabicChinese (Simplified)EnglishFrenchGermanItalianJapaneseKoreanPortugueseRussianSpanish