“Agente não está fazendo coisa errada…”

“A GENTE NÃO ESTÁ FAZENDO COISA ERRADA. A GENTE NÃO ESTÁ INVADINDO UM LUGAR QUE ESTÁ COM PESSOAS. A GENTE PEGOU UM PRÉDIO QUE NÃO ESTAVA COM NINGUÉM E...

“A GENTE NÃO ESTÁ FAZENDO COISA ERRADA.

A GENTE NÃO ESTÁ INVADINDO UM LUGAR QUE ESTÁ COM PESSOAS.

A GENTE PEGOU UM PRÉDIO QUE NÃO ESTAVA COM NINGUÉM E TRANSFORMOU NUMA CASA”

URGÊNCIA 588 – 91 famílias estão na iminência de serem despejadas da Ocupação São João 588 no próximo sábado, dia 1 de abril. São 250 pessoas que em outubro de 2010, há quase sete anos, ocuparam o antigo Hotel Columbia Palace. Entre elas, a pequena Maria Eduarda que explica muito bem o que aconteceu: “a gente não está fazendo coisa errada. A gente não está invadindo um lugar que está com pessoas. A gente pegou um prédio que estava com ninguém e transformou numa casa”.
De fato, ao ser ocupado, o Hotel Columbia Palace estava há 27 anos abandonado, sem cumprir função social alguma, infestado de ratos e baratas, lixo e entulho. A criminalidade também o usava como base para ocultação de atividades ilícitas. O proprietário abstinha-se de pagar qualquer imposto ou taxa municipal, onerando o erário público. Por fim, o prédio fazia parte de uma lista de 53 edifícios que já estavam programados pela Prefeitura para serem desapropriados com vistas a sua transformação em moradia popular.


Além de Maria Eduarda, Pedro, Paulo, Atírson, Yuri, Guilherme e Jean também sabem da luta que é fazer valer o direito fundamental à moradia digna, garantido pelo artigo 5 e 6 da Constituição Federal. Eles já participaram de manifestações, sabem o que significa uma reintegração de posse, ou seja, serem despejados. Mas, crianças que são, enquanto ainda estão na brinquedoteca do prédio onde moram, entraram na brincadeira genial de criar uma uma produtora de vídeo para registrar os dias tensos que antecedem a ordem do juiz. É a PPA 588 (em homenagem aos nomes de Pedro, Paulo e Atírson). Com a colaboração do Coletivo URGÊNCIA 588, acompanhe as histórias de quem ao longo dos sete anos morando na Ocupação São João ganhou cidadania e viu sua vida mudar para melhor pelo simples fato de ter um endereço, um teto, um chão e o acesso às escolas e oportunidades que o centro de São Paulo oferece.
A dignidade conquistada a duras penas agora está em risco de extinção graças à morosidade e à burocracia dos órgãos públicos destinados a construir políticas públicas para atender pessoas com perfil salarial de zero a três salários mínimos. Morosidade que, no entanto, não se manifesta quando se trata de garantir o direito indevido do proprietário ilegal.

A OCUPAÇÃO SÃO JOÃO 588 PRECISA DO APOIO DA NOSSA CIDADE. E A NOSSA CIDADE PRECISA DA OCUPAÇÃO SÃO JOÃO.

#VIVASÃOJOÃO

Texto: Flávia Martinelli, especial para os Jornalistas Livres e para o Urgência 588

Imagens: Coletivo Urgência 588

 

CHAMADA PÚBLICA Centro Cultural 588 convida:
venha realizar sua ação poética na calçada da ocupação São João.
Para saber mais acesse: http://urgencia588.jornalistaslivres.org/

 

Mídia democrática, plural, em rede, pela diversidade e defesa implacável dos direitos humanos.
Categorias
DestaquesLuta por MoradiaMovimentos SociaisSão PauloURGÊNCIA 588

Mídia democrática, plural, em rede, pela diversidade e defesa implacável dos direitos humanos.
Seja o primeiro a comentar

Comente

*

*

Traduzido automaticamente pelo Google Translate
Chinese (Simplified)EnglishFrenchGermanItalianPortugueseRussianSpanish

Relacionado com