200 mil mortes: a culpa é sua Bolsonaro

Diante de 200 mil mortes pelo Coronavírus, o presidente em exercício continua desdenhando do povo brasileiro. País que já foi referência mundial em vacinação ainda não tem data para iniciar a campanha e, pior do que isto, o governo federal tenta dificultar a ação de governadores e prefeitos por meio de Medida Provisória encaminhada ao Congresso Nacional.

Ativistas de Brasília realizaram ato silencioso por Vacina Já e Fora Bolsonaro e estederam a faixa afirmando que é culpa de bolsonaro as 200 mil mortes. O ato foi na Praça dos Três Poderes, em Brasília, pelo impeachment de Bolsonaro e Mourão e Vacina Já

Na semana em que o Brasil registrou 200.000 (duzentas mil) mortes em decorrência da Covid-19 ativistas realizam ato silencioso protestando por Vacina Já e por Fora Bolsonaro, Mourão e Centrão.
O ato aconteceu na manhã dessa sexta-feira, dia oito de janeiro de 2021, na Praça dos Três Poderes, em Brasília.

Diante de 200 mil mortes pelo Coronavírus, o presidente em exercício continua desdenhando do povo brasileiro. País que já foi referência mundial em vacinação ainda não tem data para iniciar a campanha e, pior do que isto, o governo federal tenta dificultar a ação de governadores e prefeitos por meio de Medida Provisória encaminhada ao Congresso Nacional.

Mesmo com 200 mil mortes pelo Coronavírus, Bolsonaro continua desdenhando do povo brasileiro. País que já foi referência mundial em vacinação, hoje o Brasil não consegue disponibilizar nem a seringa para vacinar a população.

Para os ativistas, o Brasil precisa enfrentar sua maior tragédia e terminar com esse governo genocida.

O ativismo pelo Fora Bolsonaro é forte na capital federal. Desde maio do ano passado, atos nesse sentido tem sido realizados todos os meses, repercutindo na imprensa em todo o país.

Diversos atos foram realizados denunciando o desgoverno atual e sua política de morte  contra  o povo brasileiro.  A culpa das 200 mil mortes é daquele que tenha a caneta e que age contra a ciência menosprezando a pandemia ao dizer que era apenas uma gripezinha.

O desgoverno fez uma cruzada contra a educação e a ciência brasileira, que vem sofrendo cortes drásticos, especialmente com a emenda constitucional, denominada PEC do Teto, que cortou mais de R$ 20 bilhões da saúde.

Foto: Gabriela Trajano
Foto: Gabriela Trajano
Foto: Gabriela Trajano
Foto: Gabriela Trajano
Foto: Gabriela Trajano
Foto: Gabriela Trajano
Foto: Gabriela Trajano
Foto: Gabriela Trajano
Foto: Gabriela Trajano

COMENTÁRIOS

POSTS RELACIONADOS